segunda-feira, 10 de setembro de 2012

Aumentando Seu Contrôle Emocional



Aumentando Seu Contrôle Emocional e Aprendendo a Evitar o Tilt

O objetivo deste artigo é fazer com que os jogadores aumentem seu controle emocional, através do conhecimento matemático do jogo, reduzindo ou até parando com os tilts, diminuindo as downswings e aumentando os lucros.

Primeiramente é interessante falar sobre as downswings, elas podem ser causadas por dois motivos:

1 – Pode ser simplesmente variância. Suponha uma mão que tenha 70% de chances de ganhar. Muitas pessoas confundem isso com ganhar 7 vezes a cada 10, o que não é verdade, porque vai existir um desvio, para mais ou pra menos. Esse desvio, quão maior for o amostral, menor será.
Então se dissermos que a cada 10 milhões de mãos ganharemos 7 milhões, estará mais próximo da realidade.
É preciso entender que o poker é um jogo de longo prazo, onde esses desvios são desprezíveis. Entendendo isso você verá que não é preciso terminar a sessão com lucro, tampouco o dia, mas sim o mês ou talvez até o trimestre, ou ainda mais tempo, dependendo da quantia que você joga.
Compreendendo isso é só ter um bankroll confortável para suportar essa variância e continuar jogando normalmente, sem mudar o seu jogo, pois afinal, é variância, e não jogo mal jogado!
Eis o porquê da importância da administração de bankroll, até para profissionais!

2 – Você perde um pouco por azar, começa a tiltar ou achar que está jogando mal e muda sua maneira de jogar, o que fará você perder ainda mais por estar jogando de uma maneira diferente.
Também pode ser que por causa do tilt você queira jogar com o pensamento de recuperar o prejuízo, o que também só te fará perder mais e aumentar essa downswing.
Reflita sobre a matemática do jogo! A probabilidade não é um índice preciso no curto prazo, onde a influência do acaso (leia-se sorte ou azar) é muito grande, mas conforme for aumentando o número de mãos, a variância se tornará menor, ou seja, os resultados reais se aproximarão do que diz a probabilidade.
Não fique triste quando perder com mãos melhores!
Ficar triste é pensar em curto prazo, e pensar em curto prazo é gambling, o poker verdadeiro é um jogo de longo prazo. Se você perder com a melhor mão, ótimo, pois era você que tinha a melhor mão, e é você que será o vencedor no longo prazo!

Quer evitar tomar bad beats? Simples, jogue mal!
Assim é você que irá aplicá-las! São os bons jogadores que tomam bad beats.

Veja bem, 82% de chances de vencer não são 100%, nem sempre você ganha, e nem deve!
Você merece apenas 82% do pote, e não todo ele. Como não é possível dividi-lo, você ganhará todo ele na maioria das vezes, mas terá que perder algumas para compensar os 18% que está pegando para mais.
Imagine se fosse possível dividir o pote de acordo com a probabilidade, ou seja, acabar com a variância e com as bad beats, o jogo perderia a graça…
Ele é fundamentado nisso, o fascínio por ele vem principalmente por causa desses fatores!
É por isso que tem muitos donks jogando, por causa disso que eles conseguem ser vencedores no curto prazo.
É de jogadores assim que é possível lucrar no poker. Amadores inexperientes podem vencer de profissionais com altíssimo conhecimento do jogo!
Caso não existisse o fator sorte no curto prazo, o jogo se tornaria extremamente difícil, pois os perdedores não teriam a chance de vencer, logo, a grande maioria não jogaria. Da mesma forma que na roleta, a hipótese dos jogadores perdedores terminarem em lucro no final do dia fará com que eles voltem no outro dia.
Devido a isso, nunca se queixe de alguém por te ganhar numa bad beat, deveria é agradecê-lo, afinal, é por causa de jogadores assim que você consegue ter lucro.

No poker existe uma questão de reciprocidade, ou seja, no longo prazo o que acontece pra um jogador, acontece para outros. Todos tomam bad beats, passam por downswings e upswings, recebem a mesma porcentagem de AA, etc.. E é justamente aquele que melhor aproveitar essas oportunidades que será o vencedor no longo prazo! Isso mesmo, até as downswings são grandes oportunidades, pois todos passam por elas, e quem melhor enfrentá-las será vencedor no longo prazo.

Se você não tiltar, sinta-se feliz, pois você estará minimizando as perdas, ao contrário da grande maioria que quando passa por uma downswing, tilta e acaba perdendo ainda mais.

Essa questão de reciprocidade no longo prazo também vale para mãos difíceis de serem jogadas, essas são melhores que AA!
Não estou dizendo que mãos médias trarão mais lucros que AA, não, mas veja bem, AA é uma mão relativamente fácil de jogar, todos têm uma linha parecida, você ganhará muito com AA, porém seus adversários também, e boa parte dos lucros deles virão de você, assim como os seus virão deles, mas as mãos difíceis de serem jogadas, essas você pode ter um grande diferencial com seus adversários, você poderá ganhar bastante deles se jogar bem, enquanto eles não poderão ganhar muito de ti se são souberem como jogar.
Em um confronto AA x KK, não fique feliz se você ganhar, independente de segurar AA ou KK, pois essa é uma situação – EV, já que metade das vezes você ganha e metade você perde, porém perdendo sempre o rake.
Nesse caso só a sala de poker ganha. Também não é motivo para ficar triste, já que é uma situação inevitável do jogo. A não ser que faça a grande leitura e consiga foldar os reis, daí sim é motivo para alegria, pois estará se diferenciando. Mas a questão é essa, tudo tem uma reciprocidade, o que acontece para um acontece para todos (fatores externos como quedas de internet, pessoas atrapalhando e coisas do tipo não contam). Não adianta ficar torcendo para receber uma determinada mão em um determinado momento. Tente jogar todas da melhor forma possível, isso é que faz a diferença.

Tente desligar o lado emocional quando estiver jogando, utilize apenas da razão!

Quase a totalidade dos players de micro stakes joga com um pensamento de que perder é ruim, e ganhar é bom, e isso é um grande erro. Quando você conseguir entender e aplicar isso perfeitamente, terá o tilt sob controle!
Não se aborreça quando tomar bads, mas sim quando jogar mal, mesmo que vença a mão!



Não adianta saber que o que manda é o EV, saber como funciona na teoria, mas não conseguir aplicar na prática… Sabemos que na prática é muito complicado, e é nisso que devemos focar…
Quando tomamos um suckout de 4% não podemos ficar tristes, precisamos é ficar felizes, pois afinal, nós é que estaremos jogando melhor que o adversário. Se tomarmos outra bad logo em seguida, sabemos que fica muito difícil manter o controle, mas isso é de extrema importância, é o que difere ótimos players de bons players.

Tomar decisões corretas é o objetivo no poker, isso que dará lucro no longo prazo!
Se tomarmos umas 4 ou 5 bads seguidas provavelmente sentiremos um desconforto, isso significa que nosso subconsciente ainda não está preparado o suficiente.
Por que pensamos assim? Por que querer lucro no curto prazo?
É muito complicado jogar sem a influência emocional. Precisamos ter esses conceitos muito bem entendidos, a fim de conseguirmos aplicar na prática. Se toda vez que tomarmos uma bad tivermos que pensar nesses conceitos para tentar não tiltar, estaremos tirando o foco das ações do jogo. Mais uma vez, esses conceitos precisam estar bem entendidos, fixados no nosso subconsciente.

Fishs estão aí em todos os limites porque estão nessa fase, onde perder é ruim e ganhar é bom. E é por isso que jogam. E são muitos!! Sharks não, sharks se aproveitam desse pensamento errôneo, sabem que o ganhar não significa bom e que perder não significa ruim, sabem que poker é longo prazo, onde +EV é bom e -EV é ruim.

Ainda bem que essa transição de pensamento é muito difícil, assim, os donks não se extinguirão. Se você jogar tight é ainda mais complicado, pois dá a impressão que por selecionar melhor as mãos, sempre que entrar numa deverá ganhar.

Mas nós, meus amigos, temos que tentar colocar definitivamente isso dentro da cabeça, se afastando do estado donk e indo para estado shark. Um tilt, por mais leve que seja, atrapalha e muito!
Tenham certeza que um jogo sem nada de tilt tem uma winrate muito melhor. De nada adianta conseguir jogar um poker perfeito por horas a fio, e depois tiltar e jogar o lucro fora em uma única mão.

Lembre-se, o que vale são as decisões tomadas, e não os resultados.

Artigo Publicado Orinalmente no site PokerDicas

Nenhum comentário:

Postar um comentário