quarta-feira, 28 de junho de 2017

O Poder dos Pares


O Poder dos Pares



Por Moacir Martinez

O pocket pair (par de mão) é o tipo de mão que o jogador adora receber, obviamente, quanto maior, melhor. É com os pares, quando acertamos aquela trinca, que ganhamos um pote de gigante. Mas eles também pode se tornar vilões, mesmo os pares poderosos como os de Reis e Damas. No artigo desta edição, farei uma breve análise sobre dois pares, no mínimo, emblemáticos.


REIS


O par de Reis é a segunda mão mais forte do poker, mas que encontra a sua “kryptonita” com certa frequência: o bendito Ás no flop. Se você segura K-K, a chance de aparecer pelo menos um Ás no flop é de 22% (se levarmos em consideração que não conhecemos as outras 50 cartas do baralho). No entanto, se a ação chegar até o river, esse número sobe para 35%. Ou seja, aproximadamente, até o river, uma a cada três vezes um Ás aparecerá no bordo.

A conta para se chegar aos 22% do flop é bem simples:

São três cartas no flop, sendo que das 50 cartas no baralho, 46 não são Ases. Então, a chance de um Ás não aparecer na primeira carta do flop é 46/50. Na segunda carta, essa chance é de 45/49 e na terceira, 44/48. Assim:

46/50 x 45/49 x 44/48 = 77,44%

Ou seja, em 78% das vezes que o flop for virado, um Ás não vai aparecer. 



VALETES


Na mitologia do poker é comum sempre ouvirmos jogadores dizendo que par de Valetes nunca vencem ou que é a mão mais traiçoeira do poker. Brincadeiras à parte, o quanto disse é verdade.

Quando temos J-J, a chance de uma carta mais alta do que um Valete aparecer, logo no flop, é de 57%. Veja bem, existem 19.600 combinações para o flop, e em 11.164 (56,97%) delas pelo menos um Ás, uma Dama ou um Rei estará presente entre as três cartas. Ou seja, sempre que você estiver com J-J, prepare-se, pois será normal que a cada dois flops, pelo menos um tenha uma carta maior do que o Valete. Se a mão for até o river, essa chance sobe para 76%, o que representa praticamente 8 de 10 bordos com cartas acima de Valete.

Na tabela abaixo, você poderá ver com detalhes, matematicamente falando, quão vulnerável é um par em relação ao bordo:

Chance de aparecer uma carta maior no bordo quando você tem um par

* Para facilitar a memorização, todos os valores são aproximados.







terça-feira, 27 de junho de 2017

Mãos Insanas de Poker

As mãos de Poker mais loucas e insanas dos últimos anos.
Com os jogadores de poker Daniel Negreanu, Phil Hellmuth, Phi Ivey, Erik Seidel, Tom Dwan, Mike Matusow, Sam Farha, Tony G, Patrik Antonius, Elky Bertrand, Masa Kagawa, Duhamel, Mizrachi, Jarvis, Nickman, Kallakis, Flanders, Geller, Romanello, Rheem e outros.

Crazy Poker Hands.






domingo, 25 de junho de 2017

Hellmuth Insulta Adversário no WSOP 2017


Phil Hellmuth não aceita Bad Beat

e insulta adversário por dez minutos


Poker Brat ainda foi ao Twitter cutucar o seu oponente



Mais um grande tilt de Phil Hellmuth chegou antes da sua primeira vitória na WSOP 2017. No Dia 2 do Evento 38: US$ 10.000 Limit Hold'em Championship, o norte-americano reagiu muito mal a uma bad beat do canadense Terrence Chan

De acordo com a cobertura do site PokerNews, com J♦J♣, Hellmuth abriu direto do hijack. Chan então optou por defender o big e o flop trouxe A♣J♠2♥. Após o check de Chan, Hellmuth apostou forte e recebeu o call. No turn 7♥, Chan voltou a fazer um check-call. Já no river Q♣, Chan anunciou um check-raise e Hellmuth não correu. Ao ver que o seu oponente tinha K♣10♦, Hellmuth o chamou de filho da p* e seguiu com várias ofensas por dez minutos, até que Chan solicitasse a presença de um dos Diretores do Torneio.

Hellmuth acabou caindo depois do estouro da bolha. Ainda muito revoltado, ele usou o seu Twitter para reclamar do call de Chan no turn. Na postagem, o “Poker Brat” também questionou o status de profissional do seu adversário.

No dia seguinte, Hellmuth usou o Twitter novamente, agora para pedir perdão a Chan. Segundo o veterano, ele lutou muito durante o torneio, que foi bastante intenso, por isso perdeu a calma. Chan agiu com muita classe e aceitou as desculpas. Além de reconhecer que o call foi ruim, ele pediu para Hellmuth se lembrar que atitudes assim podem destruir a experiência de jogadores recreativos.

Enquanto Hellmuth faturou US$ 15.385 no Evento 38, Chan ficou com a 8ª colocação e US$ 32.443. Além de se dedicar ao poker, o canadense é lutador profissional de MMA. Em sua carreira, ele possui três vitórias e uma derrota.


Veja neste video outras situações que Hellmuth levou Bad Beat...



sábado, 24 de junho de 2017

Mãos de Poker Incriveis

As melhores mãos de poker incríveis de todos os tempos.
Com jogadores de poker: Daniel Negreanu, Phil Hellmuth, Phil Ivey, Phil Laak, Antonio Esfandiari, Elky Bertrand, Garrett, Glantz, Chris Moneymaker, Vogelsang e outros.
Mãos de poker incríveis






quarta-feira, 21 de junho de 2017

Estratégia para Ganhar Torneios "Double or Nothing"


Dicas Simples de Estratégias para

 Ganhar Torneios de “Dobro ou Nada”




Torneios de Dobro ou Nada estão se tornando cada vez mais populares no mundo do poker pela internet – sobretudo entre praticantes ocasionais ou que jogam por recreação.

Rápidos, divertidos e (aparentemente) mais fáceis à primeira vista, mas se você olhar mais a fundo, verá que eles necessitam, sim, de estratégias especificas para você aproveitá-los ao máximo.

A seguir, você encontrará todos os conselhos de que precisa para jogar nesses torneios de forma eficiente.

Um Objetivo: Duplicar a Quantia que Você Pagou para Participar


Dobro ou Nada, Fifty50, Double Thru... os nomes podem ser ligeiramente diferentes, mas o formato sentar-e-jogar permanece o mesmo: Terminar dentro da primeira metade dos 6 ou 10 jogadores a sobreviver e você duplica o seu montante.

Torneios de Dobro ou Nada estão entre os torneios de sentar-e-jogar mais populares da maioria dos websites de pôquer pela internet. Os motivos são muitos, mas principalmente, é porque eles passam a impressão de que é maior a probabilidade de você ganhar dinheiro.

Você não precisa vencer o torneio, nem sequer ser um dos 2 ou 3 melhores: Metade dos jogadores dobra o que pagou para entrar e a outra metade sai sem nada.

Torneios de Dobro ou Nada são particularmente bons para iniciantes, pois não exigem que se jogue de forma muito agressiva e permitem que você monte uma boa banca de forma relativamente fácil.

Além disso, esses torneios costumam ser muito acessíveis, com taxas de participação a partir de US$ 1 ou US$ 2. Por um valor desses, obviamente você ganhará menos que em um torneio normal de sentar-e-jogar, mas – em teoria – ganhará com maior frequência.

Em termos concretos, “só” o que você precisa fazer para lucrar jogando nesses torneios é ganhar dinheiro um pouco mais que na metade das vezes (6 vezes de 10), já que se deve levar em conta o desconto (50 centavos para um torneio de US$ 5 para um desconto de 10%).

Vejamos o que acontece se você jogar 10 torneios de US$ 5:
Dinheiro investido: US$ 5,50 x 10 = US$ 55
Vencendo 6 torneios: US$ 10 x 6 = US$ 60

Pronto, você ganhou US$ 5. Se você tivesse ganhado dinheiro em metade dos torneios, teria ganhado US$ 50, o que significa que teria perdido US$ 5 – menos que uma taxa de participação.

Então, qual é a estratégia ideal para esses torneios específicos que são bem diferentes dos tradicionais torneios de sentar-e-jogar (onde só os primeiros 2 ou 3 jogadores ganham dinheiro)?



Um Conto de Duas Estratégias


Antes de mais nada, você deve saber que as coisas podem ser muito diferentes de um torneio de Dobro ou Nada para o outro.

Um deles você pode ganhar com facilidade, talvez até mesmo sem jogar uma única mão(!). No próximo, você será o primeiro a sair tão rapidamente quanto no primeiro (e sim, é sempre muito frustrante).


São duas as principais estratégias:

Por um lado, você pode optar por assumir muitos riscos desde o início. Jogar de forma muito agressiva para tentar reunir o máximo de fichas possível.

Você estará se aproveitando do medo dos seus adversários, já que a maioria das pessoas costuma ser muito conservadora nesses torneios.

Você pode até tentar duplicar suas fichas rapidamente (geralmente jogando contra pessoas que usam a mesma estratégia), a fim de garantir o seu lugar para o resto do torneio – muito embora isso possa nem sempre bastar.

Por outro lado, você pode escolher ser paciente, jogar de forma estável no início do jogo e ser mais agressivo depois.

Essa abordagem está longe de ser infalível se os outros jogadores também estiverem jogando conservadoramente, mas é a que lucra com maior frequência.

Geralmente, você verá alguns jogadores enlouquecerem no início do torneio e se colocarem em uma posição muito desconfortável.

Não Caia no Sono


Qualquer que seja a estratégia escolhida, no início do torneio, você pode tentar entrar em muitos potes por muito pouco dinheiro e com mãos que têm potencial.

Se você tem uma mão muito boa, sempre poderá estar enfrentando um jogador ruim ou alguém que esteja tentando duplicar suas fichas muito rapidamente. Dessa forma, você pode ganhar um monte de fichas no início – sempre uma boa forma de iniciar um torneio.

No entanto, independentemente de quanto a coisa corra bem, você nunca deve ficar muito à vontade (bom, exceto se você já triplicou suas fichas, por exemplo, mas isso é muito raro). Só porque você está à frente, não significa que deve simplesmente parar de jogar. Sobretudo se a distância para os outros competidores não for muito grande.

Os blinds crescem e as coisas podem mudar muito rapidamente – e lá vai você, do primeiro ao último lugar em um piscar de olhos.

Se isso acontecer, não entre em pânico. Seja paciente. Se os blinds ainda estiverem moderados e se o seu M for aceitável, continue jogando no estilo tight-aggressive e esteja preparado para apostar todas as fichas se vier uma mão boa.

Se o seu M for inferior a 10, você terá que tentar a estratégia “pressionar ou desistir”.

Boas notícias, no entanto: em média, a maioria dos jogadores que jogam esses torneios não são muito bons e pagarão suas apostas com mãos médias com só um ás ou até inferiores (assim como com pares baixos, é claro).



Não Deixe o Excesso de Confiança Dominá-lo


Mesmo que você seja um bom jogador e considere torneios de Dobro ou Nada “fáceis”, nunca deixe o excesso de confiança dominá-lo. Isso é exatamente o tipo de coisa que pode fazer com que você seja eliminado precocemente.

Esta é uma armadilha comum que você também deve tentar evitar se estiver liderando em quantidade de fichas com grande vantagem. Não comece a entrar em mãos que não deveria ou essa quantidade pode diminuir significativamente até que você esteja no mesmo nível dos outros jogadores, ou até mesmo que esteja com a menor quantidade delas.


Más notícias, sobretudo se acontecer perto da bolha.

Além disso, não exagere na estratégia de pagar só o que for baixo o suficiente para se manter no jogo, mesmo que haja jogadores que tenham menos fichas que você. Se alguém aumenta a sua aposta ou se você apenas perde o dinheiro gasto antes da virada das três primeiras cartas da mesa, você pode, eventualmente, se arrepender de ter desperdiçado essas fichas.

Se os seus adversários jogarem de forma muito conservadora e respeitarem quando você aumenta uma aposta – o que acontece muito quando todos têm poucas fichas e esperam alguém ser eliminado – não hesite em roubar blinds para reforçar a sua posição.

No entanto, nunca assuma um risco muito grande ou desista de uma mão forte se houver chance de não ser uma mão das melhores, e isso pode prejudicar significativamente a sua quantidade de fichas.

Em geral, se você estiver liderando em quantidade de fichas, deve forçar a eliminação de jogadores conservadores com poucas fichas que sejam passivos demais (a menos que estejam tentando duplicar seu número de fichas). Se o seu número de fichas for o menor, tente pressionar jogadores com um número médio de fichas que não estejam se arriscando.

Claro, assim como em qualquer torneio de sentar-e-jogar, você precisará analisar seus adversários e identificar os mais fracos/passivos. Esses devem ser seus principais alvos perto da bolha, junto com aqueles jogadores que se recusam a se arriscar.

No início do torneio, você deve tentar medir as coisas um pouco. Depois que identificar a dinâmica do jogo e os perfis dos seus oponentes, você será capaz de escolher uma estratégia – jogar de forma ousada e agressiva desde o início/meio ou no estilo tight-aggressive e esperar por uma mão boa.

Lidando com a Bolha


Quando você chega na bolha (4 jogadores eliminados entre 10, e 2 jogadores eliminados entre 6), o que pode acontecer em dois minutos ou depois de um tempão, a coisa fica séria.

A essa altura, um dos jogadores não ganhará dinheiro algum, mas todos os outros duplicarão seu dinheiro.

Dependendo de como o jogo tenha corrido até agora, ou você poderá simplesmente relaxar e apreciar o espetáculo, ou terá que lidar com um pouco de medo e correr atrás.

Veja como você deve lidar com a bolha considerando três cenários possíveis.


Se você estiver liderando em quantidade de fichas:

Quase sempre (isto é, a menos que você só esteja liderando com uma vantagem pequena ou se todos tiverem mais ou menos a mesma quantidade de fichas), você pode simplesmente deixar todos os outros se matarem e ficar vendo de longe.

Contanto que o dono da menor quantidade de fichas não duplique sua pilha, a vitória está próxima. Caso haja dois ou mais competidores com poucas fichas, você deve estar bastante seguro, a menos que haja uma derrota tão incrível quanto terrível – ainda assim, não deixe de prestar atenção.

Você perceberá que, às vezes, eles simplesmente param de jogar até que um deles seja eliminado. Contanto que você não faça, oficialmente, parte dos que tentam duplicar sua quantidade de fichas, não perca a oportunidade de roubar alguns blinds. E entre em algumas mãos em que não precise colocar muitas fichas, na esperança de, talvez, eliminar um jogador você mesmo.

Ainda assim, essa não é a sua prioridade. Se você estiver liderando, a maior de suas prioridades é continuar liderando pelo máximo de tempo que der sem que você precise fazer mais nada.

Não hesite em desistir de mãos ótimas, sobretudo antes da virada das três primeiras cartas da mesa – às vezes até mesmo se estiver com um par de ases. Se outro jogador com uma quantidade razoável de fichas apostar tudo, ele pode prejudicar seriamente a sua pilha – a menos, é claro, que você continuasse liderando em quantidade de fichas, mesmo se perdesse. Nesse caso, vá em frente!


Se você estiver no meio do grupo:

Continue jogando no estilo tight-aggressive, roubando blinds quando possível e sendo mais agressivo quando recebe mãos boas.

Se outro jogador pressiona para que você aposte tudo, considere a situação antes de tomar uma decisão: será que o cara que está liderando em quantidade de fichas está tentando blefar? Será que ele está jogando com segurança com uma mão boa como vem fazendo desde o início do jogo?

Será que o cara que tem a menor quantidade de fichas está tentando assustá-lo? Será que ele está com uma mão ótima e está tentando duplicar sua quantidade de fichas?

A força da sua própria mão também deve ser levada em consideração, como é óbvio. Se você ainda não tem certeza se deve pagar ou não, veja se perder iria colocá-lo em apuros ou se você seria capaz de se recuperar.

Se o cara que tem a menor quantidade de fichas ainda estiver muito atrás de você, também é importante não dar a ele a oportunidade de se recuperar no jogo.

Agora, se você, de fato, decidir desistir da mão, certifique-se que não o faça com muita frequência, ou passará a impressão de ser fraco e assustado. O cara que estiver liderando em quantidade de fichas e os outros jogadores podem tentar tirar proveito.


Se você for o que está com a menor quantidade de fichas: 

Fácil: todos estão querendo eliminá-lo e querem fazer isso o mais rápido possível.

Você deve manter a calma e a compostura, e esperar por uma mão boa ou por uma oportunidade de roubar os blinds ou o pote.

Tente alcanças os outros jogadores de pouquinho em pouquinho, ou espere vir uma mão excelente para apostar tudo. No entanto, tenha cuidado para não desperdiçar fichas demais pagando blinds ou você precisará duplicar a sua quantidade de fichas várias vezes.

Conclusão

Torneios de Dobro ou Nada são tão específicos que não há instruções prontas para jogar “com perfeição”.

Seu jogo deve depender da dinâmica que você observará no início da partida.

Em geral, uma estratégia típica do estilo sentar-e-jogar funcionará desde que você tenha em mente que não está tentando conquistar o torneio.

Ele é uma espécie de “satélite” e você está lutando por um dos ingressos.

Jogar de forma mais segura que o habitual pode funcionar melhor que em um torneio estilo sentar-e-jogar tradicional. Mas você terá que jogar de forma mais agressiva quando os blinds aumentarem – sem correr muitos riscos, sobretudo se alguns outros jogadores estiverem se complicando perto da bolha.

Por último, mas não menos importante: mantenha um registro de seus resultados (em Excel, por exemplo). É sempre útil ver como você se saiu, se você está em uma boa sequência ou se você precisa fazer alterações.

Quanto mais longo o período de tempo, mais significativos serão seus resultados.



Teste Gratuitamente o Holdem Manager 2

terça-feira, 20 de junho de 2017

Neymar Joga WSOP 2017


Neymar Joga Torneio Privado

no World Series of Poker 2017



O contrato de Neymar Jr com o PokerStars já terminou, mas a sua paixão pelo poker continua. O craque do futebol foi a Las Vegas pelo terceiro ano consecutivo.

A superestrela do futebol brasileiro foi ao World Series of Poker 2017 com um enorme comitiva para jogar um torneio de poker.

O conceituado atacante passou ao lado do WSOP e foi diretamente para a sala de cash games VIP King Casino onde esteve com os jogadores profissionais de poker brasileiros André Akkari, Felipe “Mojave” Ramos, antigos companheiros no PokerStars, e Thiago “Decano” Nishijima.

Os organizadores dos cash games no VIP King Casino criaram um Sit & Go especial com duas mesas para que Neymar pudesse se misturar com seus amigos.

Infelizmente para o craque do FC Barcelona, foi eliminado do torneio cedo e deixou seus amigos jogando pela vitória.

Sem lugar no Main Event de $10,000


Esta não é a primeira vez que Neymar faz a sua aparição na cidade do pecado, e mais propriamente, no WSOP.

Exatamente há um ano atrás, Neymar jogou também um outro Sit & Go especial no World Series of Poker que acabou por vencer e receber um lugar no Main Event de $10,000.

Neymar nunca jogou no Main Event, mas pode vir a fazê-lo este ano.

Essa não foi a primeira aparição de Neymar no WSOP. Ele também apareceu lá em 2015 apenas para sentir o ambiente.

Todo o mundo sabe que Neymar tem um amor de longa data pelo poker e que regularmente coloca fotos nas redes sociais jogando jogos caseiros.

Foi isso que levou o PokerStars a contratá-lo juntamente com o seu colega de profissão, Cristiano Ronaldo em 2015.

No início deste ano, o PokerStars terminou seu acordo de patrocínio com os dois jogadores de futebol, Neymar e Cristiano Ronaldo. Suas atenções se voltaram noutra direção ao contratar recentemente o comediante Kevin Hart e ainda o corredor olímpico Usain Bolt.

Atletas de Alta Competição no WSOP


Neymar é apenas o último numa grande fila de atletas que mostram sua paixão pelo WSOP. No início das séries, Michael Phelps  jogou o Evento #2: $10k Tag-Team juntamente com os profissionais de poker Antonio Esfandiari, Jeff Gross e Brian Rast.

O jogador da NBA Paul Pierce já jogou no WSOP várias vezes, assim como o goleiro do NHL Roberto Luongo.

Max Kruse, jogador alemão do Wolfsburgo e da seleção alemã também é presença nas mesas do WSOP. Ele participou este ano no Evento #13: $1,500 No-Limit 2-7 Lowball Draw e terminou nos lugares premiados, ganhado $2,568.

Ainda não é certo que Neymar não faça mais nenhuma aparição no WSOP este ano. Ele ainda tem algum tempo livre antes da La Liga recomeçar.

Neymar intercalou a estadia em Las Vegas com alguns jogos dos Golden State Warriors e a participação no talk show televisivo Jimmy Kimmel Live.

No show de Jimmy Kimmel, Neymar fez um truque com uma bola de futebol. Ele chutou a bola de cima de um prédio atravessando a Hollywood Boulevard para marcar um gol numa baliza no outro lado da rua.

Depois do programa, Neymar viajou em seu jato particular para Las Vegas para se reunir com seus amigos.

Fonte: Poker Listings







sábado, 17 de junho de 2017

Tells para Iniciantes



Tells



Você lê livros de poker ou blogs de profissionais? Se sim, você com certeza já ouviu sobre os “tells” no poker em algum lugar. Os tells são um assunto comum entre os jogadores e são tratados como uma valiosa arma no arsenal dos jogadores vencedores.

Mas o que é um Tell?

O Tell é uma ação habitual consistente que um jogador faz que te dá uma visão sobre o que ele pode ter em suas mãos. No poker ao vivo, um jogador pode tirar os olhos do bordo toda vez que ele tem uma mão forte – isso é um Tell, e algo que você deve lembrar. No poker ao vivo, você verá muitos jogadores tentando esconder os olhos com chapéus ou óculos escuros. Não, eles não os estão usando para ficar mais bonitos – essa é uma tentativa de esconder qualquer Tell que eles possam exibir através do olhar.

Obviamente que os Tells são muito mais fáceis de perceber quando você tem a vantagem de olhar para o seu oponente pessoalmente, portanto como perceber os tells quando você estiver jogando online? Na verdade há várias coisas que seus oponentes fazem que podem significar um Tell e é algo para observar.

Fique Atento À Caixa de Chat

Esta é provavelmente a melhor maneira de perceber os Tells. Quanto um jogador escreve no chat e o que ele escreve podem ser um bom Tell. Muitas vezes um jogador está bebendo e dirá isso no chat. Como regra, a bebida provoca um jogo mais loose e um julgamento errôneo das ações. Se um jogador que estava falando demais no chat e de repente pára de falar e aposta alto, geralmente significa que ele tem uma grande mão.

Quando um jogador começa a ficar agitado, muitas vezes ele irá reclamar e falar mal no chat. Fique atento a esses jogadores quando eles começarem aumentar muito pré-flop e ficar em tilt. Os jogadores que se irritam perdem a capacidade de jogar corretamente e freqüentemente apenas jogam suas fichas fora.

Jogadores que se gabam no chat e parecem estar confiantes podem estar blefando. Ao tentar fazer com que você acredite que eles são grandes jogadores, eles podem estar apenas querendo expulsá-lo do pote. Um truque que este jogador pode tentar usar é dizer o que tem. Se um 3 aparece no flop, ele poderá dizer que tem par de três para querer te assustar. Fique ligado, pois muitas vezes ele estará blefando.

Velocidade do Jogo

Enquanto todo site de poker tem um número prévio de segundos definido para que os jogadores tomem suas decisões, existe também o “time bank”. O time bank permite alguns segundos extra ao jogador. Quando um jogador gasta todo o seu tempo, ou ele é declarado em all-in ou sua mão sai de jogo, dependendo do jogo que estiver jogando.

Geralmente quão rápido ou devagar um jogador joga pode ser um bom Tell. Uma regra geral é: Rápido = mão fraca e Devagar = Mão forte. Os jogadores com cartas boas geralmente irão jogar mais lentamente, decidindo se dão apenas call ou aumentam a aposta. Em jogos No Limit, os jogadores podem demorar ainda mais decidindo o quanto aumentar. Observe as mãos que chegam ao showdown – é assim que você saberá com certeza se o jogador tinha mesmo uma grande mão. Não deixe uma conexão ruim te enganar, algumas vezes os jogadores demoram apenas por causa de sua conexão, e isso não tem nada a ver com suas cartas.


Fold e Call

Este é outro Tell fácil de observar. Observe seus oponentes para saber qual a porcentagem de call/fold/raise deles. Jogadores mais sólidos são fáceis de detectar, pois eles raramente jogam uma mão. Quando você os vir aumentando, pode ter certeza que eles têm uma grande mão. Preste atenção e você poderá identificar os “calling stations” – estes jogadores jogam uma grande quantidade de potes e têm uma seleção de mãos muito fraca. Estes são os jogadores que você poderá vencer se continuar jogando solidamente.

Jogada Automática

Uma característica comum em todas as salas de poker são as caixas de seleção. Esta opção permite aos jogadores pré-selecionarem sua próxima ação antes de sua vez de agir. As opções mais comuns são: Fold para qualquer aposta, Fold, Call, Call qualquer aposta e Raise. É fácil identificar os jogadores que usam esta opção, pois eles jogam muito rápido. Se você observar que um jogador usa estas opções e ele aumentou a aposta, considere que ele tem uma boa mão, pois ele sabia que iria aumentar antes mesmo de chegar sua vez. Isso também se aplica aos jogadores que dão check rapidamente – isso significa que têm uma mão fraca e não pagarão uma aposta ou um raise. Os jogadores que pré-selecionam a jogada têm em mente a ação que tomarão antes de chegar sua vez, o que pode ser outro Tell para você aproveitar.

Esperar Pelo Big Blind

Jogos com flop como o Hold’em são jogados com blinds ao invés de antes. Quando um jogador se senta a uma mesa para um jogo com flop, ele tem a opção de postar o blind e receber uma mão imediatamente ou esperar pelo big blind. Este é outro Tell. Se um jogador posta o blind imediatamente, geralmente significa que ele ou ela não quer esperar para entrar na ação e começar a jogar. Observe atentamente estes jogadores, pois eles podem estar apenas atrás de ação. Por outro lado, se um jogador espera até suas vez de colocar o blind, ele pode ser paciente o suficiente para sentar e esperar por uma boa mão, ao invés de entrar apenas atrás de diversão.

Tells Comuns de Iniciantes
Perceber os Tells de jogadores novos no poker pode ser difícil. Muitos deles estão jogando de forma tão errônea que você pode não encontrar uma coisa que fazem constantemente. Uma coisa que muitos iniciantes fazem é jogar suas mãos de forma totalmente contrária à força da mesma. Eles apostam com suas mãos fracas e dão check com as fortes. Novamente, fique atento aos showdowns para saber se determinado jogador está usando isso ou não. Não confunda isso com um check/raise!

Tells em Vários Jogos

Como perceber os Tells pode variar pelo jogo que você está jogando. Em jogos Stud, onde há 4 cartas expostas, é fácil distinguir os jogadores fracos, iniciantes, loose e sólidos. No meu jogo favorito, o 7 Card Stud H/L, é comum ver jogadores de Stud High experimentando o jogo H/L e eles são muito fáceis de serem identificados. Estes jogadores aumentam com qualquer par e os jogam de forma agressiva até o final, sem se importar com que seu oponente mostra. Isso é um Tell de que eles não conhecem o conceito do jogo H/L. Eu também observo os jogadores de Ases. Estes jogadores jogam ou aumentam sempre com um Ás, não importando quais são suas cartas escondidas. Eles aumentam sempre no heads-up contra o jogador que abriu o pote, pensando que seu Ás irá roubar os antes. Observar os showdowns irá te dizer como eles jogam, qual a seleção de mãos deles e se são loose ou tight.

E não se esqueça, quando observar algum destes Tells, use as anotações para se lembrar na próxima vez que encontrar este oponente. Com milhões de jogadores online, será impossível se lembrar deles sem as anotações. Perceber os Tells e anotar não garantirá que você será um vencedor, mas te dará mais uma ferramenta valiosa que aumentará suas chances.

Agora que você conhece os Tells comuns no jogo online, é hora de avaliar o seu próprio jogo. Você apresenta algum desses Tells? Se sim, pratique fazer as mesmas coisas no mesmo tempo em todas as mãos. Evite as caixas de pré-seleção e observe o que você diz no chat. E o mais importante, nunca mostre suas cartas! Expor suas cartas apenas dará informações “grátis” sobre a maneira que você joga.



Especial Brasileirao 2017 Apostas Online

quinta-feira, 15 de junho de 2017

Relação de Bônus Grátis Ativos em Junho / 2017



Relação de Bônus Grátis

Ativos em Junho / 2017



Bônus Grátis SEM NECESSIDADE DE DEPÓSITO



Ganhe Grátis um bônus na
"partypoker" de $10 SEM DEPÓSITO!!!

Ou escolha a Duck Poker" ($10) e ganhe mais $3 na PokerMira oferecido pela BankRollMob  Clique aqui para ler o Tutorial Completo ).



BankRollMob também distribui diversos bônus em  outras salas de poker, mas verifique se o bonus que você escolher está liberado para seu país. Alguns são somente para jogadores de países europeus.

Seguindo os passos do tutorial eles liberam o dinheiro em no máximo 3 dias.






PokerStrategy oferece gratuitamente $10 de capital inicial .
E agora ficou muito mais facil conseguir seu dinheiro grátis.



Além das ofertas de dinheiro grátis para começar a jogar Poker OnLine nas melhores salas, você ainda tem muito material de estudo em vídeos e artigos.


Atualmente eles estão distribuindo um capital inicial GRÁTIS na BetFair Poker, PokerStars, Bet365 e PartyPoker.  




   







Este talvez seja o melhor e mais fácil bônus de se conseguir.
Você vai receber $8 iniciais e a medida que for jogando vão sendo liberadas outras parcelas até $88 dólares 


Basta baixar o programa da 888 Poker, se cadastrar e começar a jogar!!!!





Clique Aqui para baixar o programa da 888 Poker!!!




Estude as Estratégias Para Vencer no Poker



Para conseguir aproveitar esse dinheiro grátis, que você está recebendo, eu recomendo que você estude as Estratégias do Poker.

Estou sempre divulgando livros e revistas para estudo do jogo, você pode ver diversos e-books sobre o Poker na sessão "Livros e E-books", e na sessão "Dicas e Estratégias"  diversos artigos sobre o assunto.
Mas caso você queira um material mais completo eu recomendo o livro abaixo.


O Segundo é o  "Poker Classe A" escrito pelo Elton “MunhozVs” Rezende.

O Elton passou por diversas dificuldades antes de se tornar um jogador lucrativo, assim como a maioria dos jogadores ao começar no Poker.

E por isso ele decidiu criar uma espécie de atalho pra quem está lutando para se tornar um jogador lucrativo nos MICRO e LOW STAKES mas que ainda não conseguiu obter nenhum resultado satisfatório.

Então o Elton resolveu compilar tudo o que deu certo para ele em um único lugar e quebrar a curva de aprendizado pela metade para que você não tenha que passar por tudo ate se tornar lucrativo.

O "Poker Classe A" foi criado por um jogador de micro stakes para os jogador de micro stakes, um material que é feito para a sua realidade!

No livro você vai aprender:

- Como dominar a arte de jogar em posição.
- Como dominar a matemática do poker.
- Estratégias para jogar o flop.
- Como dominar as apostas.
- Estratégias: Gerais, para SNGs e para MTTs.
- Tells
- Blefes.
E muito mais...

Além do conteúdo descrito acima o produto conta com os seguintes bônus:

Bônus 1 - Tabela de outs e odds do poker que todo jogador deveria saber, mas que a maioria não conhece.
Bônus 2 – Minha estratégia pessoal para MTTs
Bônus 3 – Vídeo analise completa de um SNG de U$2,50 - 180 players
Bônus 4 – Grupo exclusivo para discussão no Facebook
Bônus 5 – Live Sweat do jogador profissional Mike Leah
Bônus 6 – Sessions reviews mensais de torneios jogador por membros do poker classe A

Clique Aqui para Conhecer Melhor o "Poker Classe A"





 Experimente o PokerTracker 4 Gratuitamente


O PokerTracker 4 é uma ferramenta criada e aperfeiçoada por jogadores de Poker.
O PT4 acompanha, analisa e ajuda a melhorar sua performance no Poker OnLine.
Atravéz das informações coletadas de cada jogador nas mesas, o PT4 é um poderoso instrumento para ajudar nas decisões que tomamos em cada mão jogada. 
O PokerTracker 4 suporta "No Limit", "Limit", "Pot-Limit", "Sit-and-Go" e "Torneios Multi-Table".

Aproveite a oportunidade de conhecer o PT4 Completo por 30 dias Gratuito.
Garanto que você vai se apaixonar pelo PokerTracker 4!!!!




Agora você pode também testar o
Holdem Manager 2 DE GRAÇA!!!

Assim como o PT4, o Holdem Manager 2 é uma ferramenta de grande importancia para aqueles que querem levar o Poker à sério!!!

Experimente o programa por 30 dias GRATUITAMENTE.
Use o banner ao lado para acessar a página de DOWNLOAD.



quarta-feira, 14 de junho de 2017

Entendendo e explorando TAGs



Entendendo e explorando TAGs


O que é um TAG?

TAG significa "tight-aggressive". Esses jogadores têm uma tendência de selecionar apenas mãos boas no pré-flop. Eles preferem ter a liderança nas apostas (iniciativa) e estão, portanto, mais propensos a realizar open-raise no pré-flop ou reaumentar (3bet), o oposto daqueles que realizam cold-call no pré-flop.

Antes de entrarmos na parte técnica, como podemos identificar quaisquer oponentes TAG sentados em nossas mesas? Geralmente, esses são os caras que passam despercebidos. Eles podem não ser facilmente observados à primeira vista, porque a maioria de suas mãos são escondidas no pré-flop.

Quando eles decidem jogar uma mão no pré-flop, frequentemente eles continuam seu pós-flop agressivo, pois têm uma mão forte. Pressupondo que eles cheguem na hora da verdade, é pouco provável que vejamos mãos de pré-flop não coordenadas, como J6o. Geralmente, eles terminarão tendo um certo tipo de par em mãos, mão Broadway ou conector de naipes premium.

Agora, vamos dar uma olhada em alguns detalhes técnicos quanto aos TAGs. Fique à vontade para pular o próximo subtítulo caso não esteja interessado nos pormenores.

É comum usar as seguintes estatísticas para analisar as tendências dos jogadores online. É uma boa ideia familiarizar-se com os termos, já que veremos outros jogadores de pôquer referindo-se a eles em muitas ocasiões.

VPIP – Voluntarily Put In Pot – Basicamente, informa a porcentagem de todas as mãos na qual esse participante decide jogar. O VPIP exato que um TAG possui depende de ele jogar em variantes 6-máx. de pôquer full-ring.

A maioria dos TAGs de 6-máx. joga entre 16% e 25% das mãos. Um participante que joga 25% de VPIP é frequentemente considerado um TAG "solto", enquanto um participante que joga 16% das mãos é geralmente considerado um TAG "conservador".

A maioria dos TAGs full-ring joga entre 10% e 18% das mãos. 18% está do lado dos mais "soltos", enquanto que 10% está do lado dos mais "conservadores".

PFR – Preflop Raiser – Esta estatística registra a porcentagem das mãos jogadas agressivamente no pré-flop. Naturalmente, o valor de PFR será sempre menor que (ou, eventualmente, igual a) o valor de VPIP. Isso porque é impossível jogar uma mão agressivamente sem uma colocação voluntária de dinheiro no pote.

Visto que os TAGs preferem ter a liderança nas apostas, raramente haverá uma diferença superior a 5% entre VIP e PFR de um TAG. Se a diferença for maior que isso, provavelmente não estaremos mais lidando com um oponente tight-aggressive, e sim com um tight-passive.

Para jogos de 6-máx., um participante que joga 20% de PFR é frequentemente considerado um TAG "solto", enquanto um participante que joga 12% das mãos de PFR é geralmente considerado um TAG "conservador". Para jogos full-ring, um participante que joga mais que 15% de PFR está no lado mais "solto", enquanto um PFR inferior a 8% está no lado mais "conservador".

A fraqueza fundamental dos TAGs

TAG é um ótimo estilo de jogada, principalmente para os iniciantes. Se estivermos começando no pôquer, é recomendável tentar adotar uma abordagem tight-aggressive. Dessa forma podemos ganhar mais dinheiro com a curva de aprendizagem mais superficial. No entanto, a maioria das estratégias nesse jogo tem uma contraestratégia, e a estratégia de TAG não poderia ser diferente.

A verdade é que a maioria dos TAGs não são muito chegados em assumir riscos. Se eles fossem, em vez de TAG, acabariam frequentemente sendo jogadores LAG (loose-aggressive). TAGs não gostam de jogar potes grandes com mãos marginais.

Portanto, a maneira de derrotar TAGs é colocar pressão neles quando eles não têm muita chance de ter uma mão forte. No entanto, devemos desenvolver uma tendência a desistir quando eles apostam em nós com vários streets. Vejamos como podemos usar essas informações em uma seleção de situações diferentes.

Contraestratégia 1 – Ajustes no pré-flop

Geralmente, jogadores TAG respeitam muito o reaumento no pré-flop. Isso acontece parcialmente porque eles reaumentam uma variação muito fraca, e pressupõem que outros jogadores estão seguindo uma linha de raciocínio semelhante.

Como os TAGs não são propensos a assumir riscos, eles serão relutantes em pagar de forma extremamente agressiva com blefes de reaumentos ou repica. Devemos procurar exercer o máximo de pressão pré-flop com mãos de blefe decentes.

Por outro lado, se um TAG decidir reaumentar quando abrirmos, devemos lidar com isso de uma forma um pouco mais cautelosa que o normal. As chances de nosso oponente ter uma mão de valor decente são significativamente maiores do que quando enfrentamos um reaumento de um oponente loose-aggressive. TAGs geralmente reaumentam cerca de 4-5% das mãos pré-flop, enquanto o LAG mediano reaumenta cerca de 7-10% das mãos.


6 jogadores, NLHE

UTG (100bb) TAG 
MP (100bb) 
CO (100bb) 
BTN (100bb) Hero
SB (100bb) 
BB (100bb)

Hero recebe As4s

UTG realiza open-raise para 3bb. MP desiste. CO desiste. Hero?

Geralmente, não podemos pagar nessa situação, principalmente porque nosso oponente é um TAG; a mão claramente não será forte o suficiente. Também estamos cientes que sua variação de abertura de UTG é muito mais forte que a média. Com certeza, seria uma ideia melhor atacar suas aberturas de posição mais ao final com reaumento.

Isso pode ser verdade por um lado, mas note o seguinte: como eles parecem fortes, provavelmente pareceremos ainda mais fortes se reaumentarmos. Estaríamos reaumentando apesar do fato de que eles estão abrindo em uma posição inicial. Esse tipo de situação pode aumentar a tendência de um TAG de evitar situações marginais. Eles têm uma mão forte, da qual não desejam desistir no pré-flop. Mas, pela mesma ficha, eles não gostariam de assumir o risco com fichas extras quando sabem que há uma grande chance de termos AA/KK.

Se um TAG repicar a qualquer momento nesse pote, estaríamos claramente derrotados e poderíamos simplesmente desistir. Eles provavelmente nem repicariam um AK, preferindo apenas pagar fora da posição.

Como o TAG mediano realiza open-raise de 13% das mãos e continua com cerca de 3,5% das mãos ao encarar um reaumento, isso geralmente significa que eles podem desistir em mais de 70% das vezes nesse ponto. Esse fato permite que geremos lucro sem ao menos ver um flop.

Evidentemente, não estamos dizendo que não deveríamos blefar um reaumento contra aberturas na posição final; isso também pode ser muito lucrativo contra um TAG. Quando blefamos um reaumento contra uma abertura em posição final, somos julgados como fracos, em geral, mas a variação do jogador na abertura também é muito mais fraca. Isso pode funcionar a nosso favor.

Agora, vamos considerar uma situação onde somos nós quem enfrenta um reaumento.


6 jogadores, NLHE

UTG (100bb) Hero
MP (100bb) 
CO (100bb) 
BTN (100bb) TAG
SB (100bb) 
BB (100bb)

Hero realiza open-raise para 3bb. MP desiste. CO desiste. BTN reaumenta para 10bb, SB desiste, BB desiste, Hero?

Falamos sobre como esse é um ótimo ponto para demonstrar muita força. Entretanto, só porque é uma boa oportunidade de blefe não significa que um TAG entenderá ou utilizará esse fato. Lembre que TAGs geralmente são avessos aos riscos e ficarão assustados com reaumento contra uma variação de abertura que eles consideram forte. Dessa forma, nessa situação, o TAG terá realmente uma mão premium a maior parte do tempo. Essa não é a situação certa para realizar uma ação – deveríamos estar desistindo com muito mais frequência (do que não desistindo).

Contraestratégia 2 – Respeitar uma jogada agressiva no pós-flop

Seríamos tolos de pressupor que todos TAGs jogam da mesma maneira. A verdade é que alguns blefam muito mais que outros. Um bom TAG deveria blefar com certa frequência, já que é mais fácil representar mãos de valor com uma imagem de jogo fraco.

No entanto, a maioria dos TAGs não blefa tanto, e jogam principalmente para gerar valor pós-flop. Então, se um TAG começar a apostar em nós, principalmente em diversos streets, devemos ser capazes de realizar grandes desistências.


6 jogadores, NLHE

UTG (100bb) 
MP (100bb) 
CO (100bb) TAG
BTN (100bb) Hero
SB (100bb) 
BB (100bb)

Hero recebe JhTh

UTG desiste, MP desiste, CO abre para 3bb, Hero realiza cold-call 3bb, SB desiste, BB desiste.

Abertura (7,5bb)

Jc5s2h

CO aposta 5bb, Hero paga 5bb

Turn (17,5bb)

3c

CO aposta 12bb, Hero paga 12bb

River (41,5bb)

9d

CO aposta 30bb, Hero?

É bem verdade que ainda temos o maior par, e há a chance de termos a melhor mão. No entanto, se pensarmos nos tipos de mãos em que nosso oponente apostará o valor certo para os 3 streets, não há, literalmente, mãos piores. Algo como um J8 (a próxima mão pior) simplesmente não é forte o suficiente para atacar por valor.

Então, só ganharíamos nessa situação se nosso oponente estivesse blefando. Qual a probabilidade disso acontecer? A probabilidade de um blefe, na verdade, depende do tipo de oponente que estamos enfrentando, e nesse cenários, estamos enfrentando um TAG, o tipo de jogador que frequentemente é avesso ao risco. As chances dele atacar 3 streets em um blefe são drasticamente reduzidas.

Nosso maior par é, praticamente, lixo, e uma desistência bem fácil contra um TAG mediano.

Contraestratégia 3 - Atacar fraqueza!

Geralmente, como um TAG joga suas mãos de forma agressiva, pode ser uma dica quando eles começam a pedir mesa. Na maioria dos casos, um TAG pedir mesa indica fraqueza. Observe que isso se aplica principalmente a situações em que o TAG é o agressor de pré-flop, o que de fato ocorre a maior parte do tempo.

6 jogadores, NLHE

UTG (100bb) 
MP (100bb) 
CO (100bb) TAG
BTN (100bb) Hero
SB (100bb) 
BB (100bb)

Hero recebe Jh9h

UTG desiste, MP desiste, CO abre para 3bb, Hero realiza cold-call 3bb, SB desiste, BB desiste.

Abertura (7,5bb)

Tc7s2h

CO aposta 5bb, Hero paga 5bb

Turn (17,5bb)

3c

CO pede mesa, Hero?

A primeira parte dessa mão é, de certa forma, padrão. Temos uma mão que é claramente forte o suficiente para realizar cold-call e abrimos um gutshot e backdoor flush-draw, o que significa que seria incorreto considerar desistir no flop.

No entanto, em vez de atacar o segundo barril, nosso oponente TAG decide pedir mesa. Nesse momento, avisos de atenção devem começar a aparecer imediatamente em nossa cabeça. Por quê? Nosso oponente quase nunca será forte aqui – a maioria dos TAGs continuaria a entrar com barril em qualquer combo de set, overpair, 2 pares, ou maior par. Na maior parte do tempo eles terão uma mão com a qual planejam realizar uma aposta de continuação e depois desistem.

Aqui, alguns jogadores erroneamente pediriam mesa de volta, com a justificativa de terem um gutshot. Eles não querem ter sua mão derrubada no cenário improvável em que nosso oponente TAG decide pedir mesa/aumentar. No entanto, isso acontecerá tão raramente, e nosso oponente desistirá tantas vezes se apostarmos, que apostar será, quase sempre, a melhor escolha. Há uma vantagem secundária se estabelecermos um pote, o que significa que podemos ter um pagamento maior no river se acertarmos nosso gutshot.
Juntando tudo

A forma como nos defendemos de um TAG é atacar todos os potes pequenos nos quais eles não estão interessados. Quando eles começarem a colocar uma grande quantia em dinheiro no meio, quase sempre eles terão jogo bom. Devemos ser capazes de realizar grandes desistências. Quando desistimos de uma mão forte em uma situação onde um TAG tem uma mão ainda mais forte, estamos aproveitando sua participação ainda mais.




terça-feira, 13 de junho de 2017

High Stakes Poker 2017

High Stakes Poker - Cash Game 2017
King's Casino
Poker Players: Gruissem, Mehmet, Zech, Devkin, Yong and Pidun.









domingo, 11 de junho de 2017

7 Maneiras de Dominar a Zona de Premiação


Sete Maneiras de Dominar a

 Zona de Premiação em Torneios



Todos adoram entrar no dinheiro em torneios de poker. Não importa se está jogando um torneio de $40 no seu clube local ou um High Roller de $25.000 no partypoker. O sentimento quando a bolha estoura é ótimo. Você está lucrando e já pode relaxar. Mas como você pode aproveitar mais este estágio da zona de premiação do torneio? Vejamos como transformar pequenos ganhos em grandes lucros.

Encontre seu foco

Um dos primeiros problemas que muitos jogadores encontram na zona de premiação depois do estouro da bolha é recuperar o foco. A bolha antes da zona de premiação pode ser um momento estressante, tenha você um grande stack ou não. Você quer acumular fichas se estiver em uma boa situação, ou manter as suas se estiver short stack. O que acontece no meio disso é uma intensa mistura de concentração e esperança. Isso pode afetar seu julgamento e você necessita manter seu foco após o estouro da bolha. Concentre-se no tamanho do seu próprio stack, e no do seu oponente, é claro!

Bem-vindo a Terra do All-In

Logo após o estouro da bolha, jogadores short stack precisarão dar um jeito de voltar ao jogo e obter um stack jogável. Se você estiver short stack, precisa encontrar uma mão para ir all-in antes que toda a fold equity que tem deixe de existir. Entretanto, se estiver em uma situação de pagar um all-in para eliminar um oponente, é vital ter uma boa ideia do range dele. A corrida inicial de all-ins de short stacks inevitavelmente levará a um ligeiro platô, mas você deve estar atento quando isso mudar. Jogadores que começam o pós-bolha com 15-20 big blinds podem cair bastante se continuarem inativos.

Observe a escada

Enquanto todos estão de olho no dinheiro, alguns jogadores que vieram por satélites estão satisfeitos com apenas um pequeno ganho, pois ainda representa um grande retorno sobre seu investimento. Entretanto, mesmo que seu objetivo sejam os grandes prêmios de um torneio de poker, deve ficar atento nos incrementos conforme a premiação aumenta.

Alguns saltos serão maiores que outros. Por exemplo, da menor premiação para a seguinte costuma ser uma quantia pequena, mas o salto de sair de três para duas mesas pode ser um valor bastante significativo. A diferença de ser o décimo ou o nono é praticamente nula e não representa a dor de ficar de fora de uma mesa final. Mas alguns “pay jumps” na mesa final podem ser tão grandes que mudam o estilo de jogo de vários jogadores, sob a ameaça de ficar de perder essa diferença. Observe estes jogadores e ajuste seu jogo depois de cada mudança na premiação. Torneios de poker estão relacionados à motivação dos oponentes em uma determinada mão, e entender esta mudança na dinâmica ajudará a maximizar os seus ganhos.

Mude do pós-flop para o pré-flop

Jogar torneios de poker é fazer ajustes, de situações até mãos específicas, mas também na dinâmica geral do jogo. Muitos jogadores ficarão mais tight durante a bolha e depois lutarão para se ajustar depois que estiverem na zona de premiação. Uma manifestação disso é insistir em jogar mais pós-flop do que pré-flop. É crucial que você se adapte a realidade de que muitas das apostas neste momento acontecerão antes que se veja as cartas comunitárias Enquanto os estágios iniciais do torneio podem parecer um cash game, é muito incomum que isso aconteça depois que todos estiverem sendo pagos. Roube blinds, expulse jogadores do pote antes que você vá ao showdown.

Um stack forte é um stack firme
Se você teve um grande stack durante a bolha e conseguiu se manter ou até mesmo se tornar o chip leader, agora quer avançar ainda mais no torneio estando nesta posição. Esteja preparado para tomar o controle da mesa. Você pode fazer isso de várias maneiras, mas aumentar pré-flop, abusar de jogadores quando você tem posição e tirar vantagem dos short stacks ao fazer com que arrisquem todas as suas fichas são algumas formas de como você pode fazer isso.

Mas também é importante proteger o seu stack. Só porque você tem um stack grande ou mediano, não deve jogar muito solto ou colocará suas fichas em perigo. Todos gostamos da emoção de vencer algumas mãos seguidas e nos tornarmos o nome a ser temido na mesa. Este é um bom sentimento, mas não dura para sempre. Esteja atento em quão rápido você pode perder as fichas que acabou de ganhar, mas não tenha medo de fazer blefes, semi-blefes ou colocar pressão naqueles que não tem um stack como o seu.

Mude de marchas

Uma das maneiras mais importantes que você pode maximizar o seu potencial uma vez que esteja na zona de premiação é equilibrar seu jogos e mixar entre jogadas agressiva e defensivas. Saber a melhor forma de jogar cada mão é impossível, mas você pode manter seus adversários adivinhando ao jogar um misto de tight e acelerado dependendo das necessidades da mão.

Se ajuste para o jogo com poucas pessoas

Observar a maneira como o jogo muda conforme fica “short-handed” é vital, especialmente quando restam poucas mesas. Quando o torneio muda de três para duas mesas, e depois para a bolha da mesa final, você precisa abrir seu range de open raise. Também é necessário ajustar sua estratégia em relação às apostas dos outros jogadores. Um 3-bet pré-flop pode ser muito mais forte no primeiro nível de blinds do que próximo da mesa final.

Há uma outra questão quando o jogo se aproxima do final, que é o valor que você às vezes consegue extrair de mãos premium como K-K. A agressão coletiva de seus rivais pode levar a calls sendo feitos com mãos piores que o normal. Tendo isto em mente, mãos que você tende a jogar em mesas completas e blinds baixos, como suited connected devem ser menos atraentes quando o torneio se aproxima do encerramento.