sexta-feira, 26 de julho de 2019

O Terceiro Maior Perdedor do Poker





Chun Zhou: o 3º Maior Perdedor da História do Poker Online




Por Felipe De Queiroz


De 2012 a 2014, esse jogador de Macau 'jogou fora' quase 15 milhões de dólares; na categoria prejuízo, o grinder chinês só perde para Gus Hansen e Guy Laliberte

Guns Hansen sempre foi tido como o maior perdedor do poker online, com mais de $20,737,007 de prejuízo em seu nome. Há algum, porém, se descobriu que o milionário Guy Laliberte , dono do Circo de Soleil, registrava, por meio de diversas contas diferentes no mesmo site, um desempenho ainda pior, acumulando inacreditáveis $31,078,040 de ‘ferro’.

Atualmente, os dois são os maiores e mais famosos perdedores do poker online, mas não são os únicos a figurar na categoria de jogadores com mais de $ 15 milhões negativos no gráfico.

Existe um outro super perdedor, cujo nome, porém, é menos conhecido de jogadores e, principalmente, e fãs de poker. Seu nome: Chun Lei Zhou , que atualmente jogo como SamRostan, no PokerStars.

Quem é Chun Lei Zhu? Em 2014, decobriu-se que os jogadores ‘patpatman‘ (PokerStars), ‘patpatpanda(Full Tilt)’ e ‘samrostan’ (Full Tilt) – todos famosos por estarem sempre no vermelho – eram uma pessoa só, justamente Zhou, residente em Macau.


Linha do tempo

Os primeiros registros do chinês foram ainda em março de 2011, com a conta a ‘samrostan’, no Full Tilt (Gráfico abaixo), a princípio jogando em stakes pequenos. A partir de 2013, porém, o chinês passou a competir contra os melhores do mundo nas mesas mais caras e virou uma máquina de doar dinheiro, perdendo quase $ 10 milhões em menos de um ano e meio.





Embora, a conta samrostan tenha sido a primeira de Zhou, foi na patpatman (PokerStars) que o jogador começou a competir nos high stakes, chegando a ter certo sucesso no início, em 2012, quando teve lucro de mais de US$ 1 milhão, em junho de 2012.

Apesar do início bom, o desfecho foi bem ruim para o jogador de Macau. Em fevereiro de 2013, encerrou suas atividades com essa conta, contabilizando o prejuízo de $ 2.060.449, perdendo em média $ 12,48 por mão jogada.





A terceira conta a registrar atividade do jogador foi ‘patpatpanda (Full Tilt). Desta vez, a queda foi impressionante também. De novembro de 2012 a março de 2013, perdeu nada menos que $ 2.608.781, com saldo negativo médio de $ 21.25 por mão.






De onde vem o dinheiro de Zhu?

Apesar de ser comprovadamente um grande perdedor nos jogos high stakes online de Omaha, não se pode afirmar que o jovem chinês esteja quebrado. Isso porque Zhu, que é especialista em NLH (e perdeu a maior parte de seu bankroll online em mesas de PLO), seria, de acordo com informações do site HighStakesDB, um dos grandes maiores vencedores dos mesas caríssimas de Macau, sua cidade natal, tendo conquistado milhões de dólares no poker ao vivo nos últimos anos.

Quando a identidade de Zhu foi revelada, ele explicou ao site PokerNews, de maneira bem humorada, suas derrotas: “O que aconteceu é que eu só jogava no limit holdem e ninguém jogava comigo. Então eu aprendi outros ring games e perdi muito dinheiro. Eu amo jogar poker”.

O amor, talvez excessivo, de Zhu pelo poker e certamente uma má gestão de carreira no online fez com que o chinês perdesse US$ 15 milhões somadas suas quatro contas (três delas negativas).


Presente vencedor?




O mais curioso, porém, é que, com o tempo, o jogador aparentemente aprendeu. Passou a se dedicar ao live em Macau e começou a jogar valores BEM menores no online, onde, se tornou lucrativo (ver gráfico acima), nos ring games do PokerStars (com sua conta atual, SamRostan), onde tem, atualmente, lucro de $248,682, média de ganho de $ 0.80 por mão.

Para se ter uma ideia, o saldo do jogador nos tempos de Full Tilt, na conta homônima, foi de -$39.92, por mão. É bom o chinês estar ganhando muito em Macau, porque no atual ritmo do online (onde não tem jogado ultimamente) vai demorar muito para buscar os prejuízos (no caso de ele seguir vencendo por muitos anos, o que é improvável).




Nenhum comentário:

Postar um comentário